Páginas

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

E se ninguém da base nunca saísse, como seria seu time?



Já parou pra pensar, caso as revelações do seu time ficassem para sempre? Pois é, vamos brincar no tempo presente. Estamos em 2016 e você teria a disposição todos os atletas formados na base, e aí? Seu time lutaria pelo título? Vamos aos detalhes do futebol e tentar descobrir.

Corinthians: Sem dúvidas, um dos melhores times do Brasil, só para ser ter uma ideia, o timão teria dois meias que estão com a bola toda, Willian que hoje atua no Chelsea e Everton Ribeiro do Al Ahli. Marquinhos do PSG seria titular absoluto na defesa ao lado de Betão, ou do próprio Felipe. Dodô faria a lateral esquerda, ou teria a opção do polivalente Marcelo Oliveira (Grêmio). Pela direita, Fagner seria o dono da posição. O volante Nilton ficaria na contenção. O Corinthians ainda poderia contar com Nenê que hoje atua pelo Vasco da Gama. No ataque, Dentinho, Jô seriam boas opções. Em baixo das traves, os torcedores da Gaviões da Fiel contariam com o capitão do Atlético Paranaense, Weverton. O time ainda contaria com os novos jogadores deste ano formados na base alvinegra que se destacaram na Copa São Paulo.

São Paulo: O tricolor paulista teria um elenco fortíssimo. Rogério Ceni aposentou recentemente, mas seria o número 1 deste time, o goleiro treinou na base do Sinop-MT, porém jogou a Copinha pelo São Paulo. A linha de quatro seria composta por Auro, Breno, Rodrigo Caio (Lucão) e Fábio Santos, ex-Corinthians, que hoje atua no México. O meio de campo ia assustar os adversários, nada menos do que Hernanes (Juventus-ITA), Oscar (Chelsea), Casemiro (Real Madrid) e o ídolo Kaká, do Orlando City (EUA). O ataque não ficaria para trás, Lucas Moura do PSG, da França, jogaria aberto pela direita, já o homem de frente, você escolhe, Kleber Gladiador, Emerson Sheik ou Diego Tardelli do Shandong Luneng, da China. O tricolor paulista brigaria pelo título, não há dúvidas.

Palmeiras: Um bom time começa por um bom goleiro, e é nesse contexto que encaixaríamos o experiente Diego Cavalieri, do Fluminense. A defesa seria formada por Ilsinho que atuou muito tempo na Ucrânia, David Braz, o jovem Nathan (Maurício) e Gabriel Silva pela esquerda. O meio de campo também não seria nenhuma maravilha. Elias, volante da seleção e do Corinthians comandaria as ações. Tadei , ex-Roma e Bruno César iriam compor o centro do campo. Vagner Love, talvez a última grande revelação palmeirense, forma o "ataque do amor" com Zé Love. O palmeirenses lutariam por vaga nas competições sul-americanas.

Santos: Os famosos meninos da Vila já demonstram que o clube da baixada santista revela muitos atletas. A maioria está em alto nível. O goleiro Rafael Cabral, do Napoli, da Itália, defenderá a meta santista. A linha de quatro seria formada por Zeca, Carlinhos(São Paulo) ou Carleto. Alex(Milan) seria o xerife da zaga, já o seu companheiro poderia ser o Marcelo. Leonardo que teve passagens pela seleção de base ou o mesmo Gustavo Henrique são outras opções. O meio de campo seria formado por Wesley (São Paulo), Ganso e Diego(Fenerbache-TUR). Vale lembra que Elano e Renato não começaram no Santos, mas chegaram ao peixe muito jovens. O ataque seria composto por nada mais do que Neymar, Robinho e Gabriel. Esse time seria um dos favoritos no nosso Brasileirão Inimaginável.

Flamengo: Júlio César, do Benfica, é o goleiro inquestionável na meta rubro negra. Porém, Paulo Victor brigaria pela vaga. A dupla de zaga da Gávea seria formada por Samir e Juan, Egídio e Rafael Galhardo nas laterais. Felipe Melo, o experiente Ibson, Renato Augusto e Luiz Antonio formariam o quarteto do meio. Andrezinho também pode ganhar uma vaga nesse time. O jovem Adryan também foi formado na Gávea e faria parte do elenco. No ataque, a missão é mais complicada, Negueba faria dupla com o imperador? Com Victor Simões? Adriano conseguiria voltar a atuar em alto nível? A conferir. Por outro lado, muitos garotos se destacaram na Copinha deste ano, alguns teriam espaço entre os profissionais.

Fluminense: Fernando Henrique seria o dono da camisa número 1, a defesa seria muito forte e respeitada. Composta pelo lateral direito Rafael, ex-Manchester United (ING), seu irmão Fábio, poderia ser o reserva imediato, ou até mesmo jogar na esquerda. A dupla de zaga contaria com o capitão do PSG, Thiago Silva e com o experiente Leandro Euzébio, ou poderia optar pela juventude com o defensor Marlon, da seleção sub-20. Marcelo, do Real Madrid completaria a linha de 4. Arouca daria consistência ao meio de campo. Diego Souza e Carlos Alberto seriam os responsáveis pelas criações das jogadas. Não podemos esquecer da joia Gerson, recém-vendido ao Roma, da Itália. O Ataque seria muito veloz. Wellington Nem , Alan, Marcos Júnior e Wellington Silva. Com certeza, o tricolor das laranjeiras seria um time muito competitivo.

Vasco: Helton voltaria a defender a camisa do gigante da colina com a titularidade, mas teria muito trabalho com a defesa formada por Jomar, Vilson (Luan) , Max e Guilherme Santos. As coisas começam a melhorar a partir do meio de campo, com Souza, ex-São Paulo e Grêmio, Rômulo, do Spartak Moscou, da Rússia. Coutinho (Liverpool-ING) e Marlone armariam as jogadas para Alex Teixeira, ex-Shakhtar Donetsk e Alan Kardec, ou até o jovem Thales Lima.

Botafogo: Renan, eterno reserva do goleiro da Seleção brasileira, Jeferson, enfim, seria o dono da posição que tanto almejou. Leo Moura, já quase aposentado, brigaria pela vaga com o jovem Gilberto, do Verona, da Itália. O restante da defesa teria Dória, Rafael Marques e Guilherme. Jadson e Felipe Bastos dariam contenção ao time. Cidinho , Otavio (Gege), Vitinho e Sassá formariam o quarteto ofensivo. Não podemos esquecer também do velocista Caio, do Al Wasl.

Internacional: Embaixo das traves, o destaque do Goiás no último Brasileirão, o experiente goleiro Renan seria barrado pelo arqueiro da seleção, Alisson. A defesa seria formada por Juan Jesus, da Inter de Milão, da Itália e pelo zagueiro Titi, que hoje atua no futebol turco. O zagueiro Fred, do rival Inter, disputaria posição no centra da zaga. A disputa na lateral esquerda seria disputada por Lima, Ramon do Besiktas, da Turquia, Geferson e do jovem Artur, com passagens pela seleção de base. Já o número 2 teria titularidade absoluta, Cláudio Wink. O meio de campo seria composto por Sandro, que tem passagens por grandes times ingleses e Seleção Brasileira, Otávio(Éderson) e Fred do Shaktar Donetsk ou o jovem Bruno Dourado. O trio de frente teria respeito dos adversários: Rafael Sóbis, Nilmar(Taison) e Alexandre Pato. Sem contusões sérias, esse time poderia beliscar uma vaga na Libertadores da América.

Grêmio: Enfim, o goleiro Cássio, do Corinthians, seria aproveitado e valorizado no tricolor gaúcho, ou Marcelo Grohe seria o dono da meta? Pelo menos, essa posição não seria problema. A linha de quatro seria composta por Mário Fernandes, do CSKA, da Rússia e Léo ou Neuton disputariam a outra vaga. As laterais teriam Anderson Pico e Felipe Mationi. O meio da campo contaria com o “traidor” Anderson e Lucas Leiva. Ambos fariam a contenção para Ronaldinho Gaúcho armar a equipe. Douglas Costa do Bayer de Munique seria a válvula de escape. O ataque seria formado pelo boi bandido, Aloísio e por Luan, mesmo tendo chegado da base do Tanabi do interior de São Paulo. Lucas coelho seria opção.

Atlético Mineiro: O melhor goleiro brasileiro em atividade seria o dono da meta, Diego Alves. A defesa seria uma das mais respeitadas do Brasil, Leandro Castan (Roma, da Itália) e o jovem Jemerson, recém-vendido ao Mônaco, da França. Leandro Almeida seria opção. Marcos Rocha e Lucas Cândido nas laterias. Serginho e Mancini representariam a experiência no meio de campo juntos com Bernard e Fillipe Souto. O ataque teria Éder Luis e Rafael Moura. Carlos e Marion seriam outras opções.

Cruzeiro: Jéferson do Botafogo seria o dono da camisa número 1. A defesa teria dois laterais experientes e que já disputaram Copa do Mundo, Maycon e Maxwell. O jovem Mayke seria uma boa opção para o lugar do experiente lateral da Roma. A dupla de zaga seria formada por Thiago Heleno e Maicon, recém-contratado do São Paulo, do Porto, de Portugal. Lucas Silva, que hoje atua no velho continente e Wendell do Goiás seriam os volantes. Dudu, do Palmeiras e Guilherme do Corinthians seriam titulares. Vinícius Araújo(Anselmo Ramon) e também o próprio Bernardo disputariam uma vaga entre os titulares. Douglas Coutinho e Judivam seriam boas opções para o ataque. Elber também poderia estar entre os 11.

Goiás: O jovem Paulinho, sucesso na Copa São Paulo seria o dono da camisa número 1, Toloi, ex- São Paulo e Ernando(Internacional) formariam a dulpa de zaga. Douglas, do Barcelona, seria o lateral direito. Por falta de opção, Felipe Saturnino e Mário Sérgio disputariam a vaga pela esquerda. Amaral, Thiago Mendes e Rodrigo formariam o tridente do meio de campo. Poderia também, optar por Danilo, do Corinthians. Felipe Menezes seria outra boa opção. O ataque seria formado pelos velocistas Wellinton e Erick. Valmir Lucas e Felipe Macedo seriam peças de reposição na defesa. Liniker também poderia ganhar espaço no meio campo. O Goiás teria um time muito competitivo e jogando no Serra Dourada, ganharia muitos pontos.

Atlético Paranaense: Neto, reserva de Buffon, na Juventus, da Itália, seria titular. A defesa seria composta por Manoel e Rodolfo. Outro da Juventus que teria vaga garantida, seria o lateral esquerdo Alex Sandro, que tem passagens pela Seleção Brasileira. Pela direita, Fransérgio. O meio de campo teria Fernandinho, do Manchester City(ING), Jadson e Deivid. O ataque com Marcelo Cirino, Dagoberto e Willian, do Cruzeiro. Na Arena da Baixada seria difícil tirar pontos do time do Paraná.

Coritiba: Vaná ganhou espaço com a saída de Wanderley para o Santos. Rafinha do Bayern de Munique),Henrique(Fluminense),Miranda(Inter de Milão) e Adriano(Barcelona) formariam uma defesa experiente. Willian Farias, Rodrigo Mancha, Pedro Ken, Renatinho(Kawasaki Frontale e Marlos(Shakhtar Donetsk) tentariam municiar o atacante Keirrison(Criciúma). Thiago Real seria opção no banco de reservas.

Vitória: Dida ainda está em atividade e já foi ídolo por lá , então seria o goleiro do rubro-negro baiano. Wallace, do Flamengo, Victor Ramos e David luiz(PSG-FRA) formam o trio defensivo. Léo pela direita e Euller , joia da base, faria a ala esquerda. Petros (Betis-ESP), Dudu Cearense e Pierre formariam um meio de campo marcador.Elkeson, sucesso na China, Hulk e Alecsandro formariam um bom ataque. O boliviano Marcelo Moreno foi formado na base baiana e também lutaria por uma vaga no ataque.

E aí, qual o melhor time? O seu clube teria chances?


"São apenas detalhes do futebol"