Páginas

sexta-feira, 16 de outubro de 2015

É o camisa 1 da Seleção





Como goleiro amador das velhas peladas de fim de semana, não poderia deixar de fazer uma postagem sobre a atual carência  do guarda metas da Seleção Brasileira. 


"O goleiro é uma posição de confiança do treinador de futebol", já dizia Waldir Peres, ex-goleiro da Seleção Brasileira de 1982. Confiança essa, que o técnico Dunga ainda não encontrou.

Qual goleiro , Dunga? Taffarel palpita.


Desde que retornou à seleção brasileira, após a Copa de 2014, Dunga tem renovado o elenco e optado por goleiros que atuam no futebol brasileiro. Ao lado do preparador de goleiros da Seleção, Cláudio Taffarel, Dunga tem feito "escolhas nacionais": Jeferson, do Botafogo, Marcelo Grohe, do Grêmio e o novato Alisson, do Internacional, ganharam espaço com o treinador. Já os experientes Victor do Atlético Mineiro, Fábio do Cruzeiro e Fernando Prass do Palmeiras não têm vez com o comandante. Renovação à vista.



E os goleiros que atuam na Europa? Abre o olho, Dunga.


Os arqueiros que defendem as metas de times europeus, também não ganharam oportunidade com o ex-capitão do Brasil. Júlio César, goleiro das últimas duas Copas do Mundo, está com 36 anos, vive boa fase no Benfica de Portugal, e avisou que ainda pensa na amarelinha,  mas está "queimado" desde o fracasso contra os alemães em 2014. Dificilmente será lembrado, e a idade alta não o beneficia. Neto, ex-Atlético-PR, foi destaque da defensiva da Fiorentina na última temporada do Calccio. Com o fim do contrato, o goleiro assinou por quatro temporadas com a Juventus de Turim para ser o reserva imediato do experiente Buffon, titular absoluto da equipe e também da seleção italiana. Com a escolha de Neto, Dunga nem cogita convocar o atleta sem ritmo de jogo.


Diego Alves, eis o nome de confiança do meu post.

Poucos brasileiros conhecem os feitos desse goleiro de 1,88m de altura. Talvez pelo fato de ter atuado pouco no país de origem. Desinformação? Então vamos lá, para os detalhes do futebol. 


Atual melhor goleiro brasileiro em atividade na Europa, sem dúvidas. O arqueiro defende o Valencia da Espanha e ajudou a equipe a se classificar para a Uefa Champions League deste ano. Diego pegou várias penalidades na temporada , inclusive do melhor do mundo , Cristiano Ronaldo. Messi também já foi vítima do especialista defensor de pênaltis. Os números do jogador são impressionantes: em toda sua história no Campeonato Espanhol defendeu 16 de 35 penalidades, é o maior pegador em toda a história da competição. "Quando comecei a defender pênaltis nunca pensei que pudesse chegar a um número assim tão rápido. Não tenho uma estratégia, um estudo., são vários fatores. Eu sempre encaro o pênalti como uma guerra psicológica, porque o jogador está nervoso", disse o goleiro em entrevista ao Bate Bola do Canal Espn Brasil.



Afinal , de onde surgiu Diego Alves?


Entre os anos de 2001 e 2004, disputou 28 partidas internacionais e sofreu apenas 15 gols atuando pelo Botafogo de Ribeirão Preto (SP). Foi eleito o melhor goleiro nos 3 maiores torneios de futebol da Alemanha que disputou em 2003 pela equipe do interior de São Paulo. Isso tudo ainda pelas categorias de base. Com o sucesso, foi transferido para o Clube Atlético Mineiro em 2004. Integrou-se a equipe de profissionais do time de Minas Gerais ainda no mesmo ano.


Em 2006, foi um dos destaques do Atlético MG ao ser Campeão Brasileiro 2006 da série B, ajudando o clube a subir de volta a primeira divisão. No ano seguinte, sagrou-se Campeão Mineiro 2007, onde foi considerado o Melhor Goleiro do Campeonato Mineiro 2007 e Melhor Goleiro do ano de 2007 em Minas Gerais. 

Em julho de 2007,  o goleiro foi vendido para o Almería da Espanha, clube que acabara de subir à primeira divisão do Campeonato Espanhol.

Em sua primeira temporada no Campeonato Espanhol, teve uma árdua estreia contra o Sevilla, vencendo a partida por 1 a 0 e sendo o grande destaque da partida e o principal responsável pela vitória. Fazendo história, foi o primeiro goleiro brasileiro a jogar pelo Campeonato Espanhol e pela Copa do Rei.


Na temporada 2007-08, Diego obteve o recorde de invencibilidade, após ficar 679 minutos sem levar gols, batendo o recorde atual da temporada que era de Iker Casillas (Real Madrid e Seleção Espanhola) que era de 575 minutos, passando a ocupar a 10ª marca na história do Campeonato Espanhol.

O Almeria terminou a temporada na 9ª posição e Diego Alves foi considerado um dos principais responsáveis pela histórica campanha de um clube recém chegado a primeira divisão. Na temporada 2007-08, Diego atuou em 24 partidas e sofreu apenas 28 gols.

Atualmente, o goleiro Diego Alves joga pela equipe do Valencia da Espanha e desde a temporada 2011-2012 vem sendo um dos destaques dos torneios que compete , como a Liga BBVA da Espanha, Copa do Rei, UEFA Champions League e UEFA Europa League.


Sobre a Seleção Brasileira, Diego Alves esteve presente em várias convocações, que vão  desde a seleção Sub-20 à principal. Atuou noves partidas e foi vazado somente duas vezes. Felipão em 2014, chegou a cogitar o nome do atleta entre os três possíveis convocados para a disputa do Mundial, mas o goleiro acabou preterido pelo então treinador. Diego Alves continuou trabalhando e fazendo partidas memoráveis pelo Campeonato Espanhol após a Copa do Mundo de 2014, principalmente contra os dois times de Madrid, e o fortíssimo Barcelona. Desempenho que fez Diego ser convocado para a Copa América, porém, acabou sendo cortado após sofrer uma contusão muito grave, a pior da carreira. "A lesão faz parte, a gente não escolhe a hora de se machucar. Fiquei muito triste de não poder representar meu país em um momento tão bom. Agradeço muito as mensagens dos torcedores e dos amigos, o Jefferson foi um dos primeiros a me ligar", disse. 


O jogador tem esperanças de agarrar uma chance ainda maior na carreira. "Eu quero me recuperar e me firmar na seleção para depois, quem sabe, disputar a Copa do Mundo pelo Brasil", garantiu.


Para os amantes do futebol e para uma melhor segurança na meta brasileira , torçamos para uma recuperação rápida desse ótimo goleiro, que na minha opinião , deve ser o titular absoluto da posição. O coordenador da CBF e ex-goleiro Gilmar Rinaldi, também defende a mesma tese.


Fontes e referências:



diegox.com.br

Globo.com


Espn.com.br


EnciclopédiadoFutebol.com.br


Valenciafc.com


Atletico.com.br


"São apenas detalhes do futebol"

Veja algumas defesas de Diego Alves pelo Valencia:



Confira algumas penalidades defendidas por Diego Alves:


Cristiano Ronaldo Vs Diego Alves: